terça-feira, 26 de setembro de 2017

Eliziane e Weverton consolidam na disputa pelo Senado Federal


Marrapá - Ainda é cedo para qualquer definição sobre a chapa de reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB), mas já é possível dizer que entre os postulantes a ocuparem as duas vagas ao Senado os deputados federais Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS) foram os que mostraram, até agora, as candidaturas mais viáveis.

Weverton soube planejar sua pré-candidatura, conseguiu se cercar de uma grande rede de aliados pelo estado inteiro e ainda tem como trunfo o comando do PDT. Eliziane ganhou musculatura por liderar as pesquisas eleitorais e o PPS – liderado por ela no estado, percebeu a oportunidade de fazer uma senadora; além disso, a parlamentar é quase unanimidade na comunidade evangélica como alternativa aos nomes de João Alberto e Edison Lobão, ambos do PMDB.

Por outro lado, os demais concorrentes tropeçam e ainda não conseguiram definir ao menos o partido para o pleito do próximo ano. É o caso de Zé Reinaldo, ainda no PSB. Além de sua indefinição partidária, o apoio irrestrito ao presidente Michel Temer (PMDB) tem queimado o ex-governador. Waldir Maranhão, também de mudança do PP para o Avante, tem contra si o passado repleto de trapalhadas e a falta de credibilidade.

Obviamente que podem ocorrer desdobramentos, contudo, o cenário atual é o mais propicio para formação da chapa comunista. Weverton e Eliziane estão passos à frente dos demais adversários.