quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

GOVERNO IMPLANTA SISTEMA DE PROCEDIMENTOS POLICIAIS ELETRÔNICOS NO MA


Os Procedimentos Policiais Eletrônicos (PPE), serviço idealizado pelo Governo Federal e que integra a plataforma do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas (Sinesp), será instalado em todas as Delegacias de Polícia do Maranhão; a ferramenta faz parte de um termo de adesão assinado no dia 16 de dezembro pelo secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela, desenvolvido por meio de parceria com o Ministério da Justiça; na oportunidade, foram acertados alguns alinhamentos sobre o sistema

Os Procedimentos Policiais Eletrônicos (PPE), serviço idealizado pelo Governo Federal e que integra a plataforma do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas (Sinesp), será instalado em todas as Delegacias de Polícia do Maranhão. A ferramenta faz parte de um termo de adesão assinado no dia 16 de dezembro pelo secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela, desenvolvido por meio de parceria com o Ministério da Justiça. Na oportunidade, foram acertados alguns alinhamentos sobre o sistema.

Com o sistema, é possível fazer um registro mais rápido e completo que os atuais procedimentos. Durante o cadastro dos possíveis envolvidos, seja autor, vítima ou testemunha, é possível consultar se eles possuem mandado de prisão. A iniciativa conta com ferramentas inovadoras, proporcionando celeridade e modernização no trabalho executado pela Polícia Civil. O sistema permite aos gestores identificarem, de maneira exata, dados relativos a crimes, como local, horário e dia da semana em que aconteceram, a partir dos registros no sistema, proporcionando um direcionamento eficaz das políticas de segurança pública.

Atualmente, cada estado brasileiro possui seu sistema de registros, que muitas das vezes não são padronizados, dificultando a integração das informações. Outro grande problema que as Polícias Civis de todo o país enfrentam é o alto custo dos sistemas informatizados utilizados para os registros. O Maranhão será o segundo estado a implantar esse sistema eletrônico. Roraima foi pioneiro em usar o PPE, tendo, atualmente, todas as suas delegacias incluídas no sistema. Recentemente Sergipe, também, começou a implantar gradativamente o mesmo programa.

No Maranhão, o sistema foi inaugurado no final de dezembro na Delegacia Estadual do Meio Ambiente (Dema). O propósito é implantar o sistema em todas as delegacias maranhenses o mais breve possível, por isso, gradativamente, o PPE será inserido nas cidades e delegacias consideradas estratégicas.

Fonte: Ascom