quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Após forte terremoto, 31 réplicas são registradas no Maranhão


Informação foi divulgada pelo Observatório Sismológico da UNB. Novo tremor de 3 graus na escala Richter foi registrado nesta quinta (5).

Um tremor 4,8 graus de magnitude na escala Richter foi registrado próximo à cidade de Vargem Grande e atingiu diversas cidades maranhenses na manhã de terça-feira (3). Trinta e uma réplicas aconteceram desde o tremor inicial há dois dias, segundo informações do Observatório Sismológico da Universidade Nacional de Brasília (UNB).

Os sismógrafos da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR), registraram nova atividade sísmica as 11h50 da manhã desta quinta-feira (5), a 10 quilômetros de profundidade e perto do local onde foi registrado o tremor inicial. Desta vez, as cidades de Vargem Grande e Presidente Vargas foram as duas áreas mais afetadas neste novo tremor de magnitude 3 na escala Richter.

Ainda segundo o Observatório Sismológico da Universidade Nacional de Brasília, os eventos ocorridos próximos a Vargem Grande e registrados pela Rede Sismográfica com magnitude menor que 1 na escala Richter não são levados em consideração pela RSBR. (Veja registro dos 31 eventos aqui).

Por causa do novo tremor, equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil do Maranhão permanecem em cidades do interior do estado como Belágua, onde as paredes de várias casas acabaram rachando devido à intensidade da atividade sísmica registrada na terça-feira (3).

O fenômeno de magnitude 4,8 graus de magnitude na escala Richter foi o maior sismo registrado na história do Maranhão, segundo relatório do Centro de Sismologia da USP. O tremor foi sentido em ao menos dez cidades do Maranhão e também em Teresina, no Piauí.

G1/MA