domingo, 23 de outubro de 2016

PARCERIA INJETA RECURSOS NA SAÚDE


Uma parceria entre o governo federal e o governo estadual vai beneficiar o município de Imperatriz com R$ 450 mil, o que vai ajudar no reforço na oferta dos serviços de saúde; recursos serão aplicados nos serviços de saúde de média e alta complexidade nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs; “É uma colaboração bastante considerável para que possamos manter e ampliar os serviços prestados ao povo do Maranhão”, afirmou o governador Flávio Dino

Maranhão 247 - O município de Imperatriz foi beneficiado com a assinatura de Portarias do Ministério da Saúde que destinam recursos para aplicação nos serviços de saúde de média e alta complexidade nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Com a injeção de recurso federal, o município recebe um expressivo reforço na oferta dos serviços de saúde, com o investimento no valor de R$ 450 mil.

“É uma colaboração bastante considerável para que possamos manter e ampliar os serviços prestados ao povo do Maranhão”, ressaltou o governador Flávio Dino. Ele pontuou, ainda, a relevância destes repasses, considerando o momento de crise que vive o país.

O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, destacou que a contrapartida federal, além de desonerar o município, é uma forma de unir forças para que a saúde pública sobreviva em meio a crise. “É preciso manter bem firmes as pernas da saúde pública e, para isso, é importante a contrapartida federal, municipal e estadual. A chegada deste recurso para a UPA é um respiro para o município e a certeza de que os imperatrizenses terão condições dignas de atendimento”, enfatizou o prefeito.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, agradeceu o repasse do Ministério da Saúde que, apesar das dificuldades financeiras da União, busca fornecer repasse aos estados e municípios de forma igual. “Com este recurso para as UPAs da capital e Apae, nós aumentamos os serviços de saúde, contrariamente aos outros estados da federação. Inauguramos cinco hospitais regionais, que além de estarem habilitados, terão serviços renovados, a exemplo das UPAs e Apae com adição de recursos e mais qualificação dos atendimentos”, afirmou Carlos Lula.

Com assessoria